O Autismo é um tema que merece destaque e visibilidade em nossa sociedade. Se você não sabe o que é isto, clique aqui para conferir o artigo onde eu falo sobre o que é  Autismo (TEA).

Para te ajudar a compreender melhor, listei 21 filmes que abordam o tema. Como gosto muito de todos e não tenho uma ordem dos meus favoritos, listei na ordem do mais recente para o mais antigo. Alguns estão disponíveis na Netflix e outros também são encontrados no Youtube. Vale a pena assistir cada um deles!

 

1- O farol das orcas (2016)

Este é  um filme baseado em uma história real. O roteiro de “Farol das Orcas” conta a história de um biólogo marinho, Beto Bubas, que vive na Patagônia argentina, mais propriamente na península de Valdes,e estuda baleias orcas. Em um determinado dia Beto encontra na porta de sua casa uma mãe espanhola com seu filho pequeno, Tristan, um menino autista, que ao ver um documentário de Beto na Tv esboçou reações nunca antes esboçadas. A mãe do garoto viajou o mundo para encontrar o biólogo a fim de ajudar o filho a se comunicar através do contato com as orcas. O mais impressionante é que toda a história é verídica! Beto existe e realmente encontrou uma mãe corajosa e seu filho autista, que na realidade se chama Agustín. A história tocou tão profundamente Roberto (Beto) que o inspirou a escrever o livro “Agustín Corazon Abierto”. Filme lindíssimo! Disponível na Netflix.

 

2- Um elo de amor (2015)

Jimmy (Ian Colletti) é um jovem autista que, às vezes, não compreende tudo o que acontece ao seu redor. Porém, ele possui uma memória fantástica, que, junto de sua ingenuidade, acaba deixando-o comumente em apuros. Seu avô (Ted Levine) e sua madrasta (Kelly Carlson) incentivam o garoto a superar os traumas, entretanto, ele fica aflito ao se deparar com seus medos. Assista ao trailer e confira esta linda história!

 

3- Tão forte e tão perto (2011)

Oskar Schell (Thomas Horn) é um garoto muito apegado ao pai, Thomas (Tom Hanks). Thomas inventou uma história para Oskar, dizendo que Nova York tinha um distrito, hoje desaparecido, para fazer com que o filho tivesse iniciativa e aprendesse a falar com todo tipo de pessoa. Thomas morre no fatídico 11 de setembro e sua perda é um baque para Oskar e sua mãe, Linda (Sandra Bullock). Um dia, Oskar encontra um envelope onde aparece escrito Black e, dentro dele, uma misteriosa chave. Esse é o início de uma aventura vivida por ele em busca de um sentido para o inexplicável. Apesar de não ser dito abertamente no filme, Oskar provavelmente tem Síndrome de Asperger. Disponível na Netflix.

 

4- My Name is Khan (2010)

O filme conta a história de Khan, um homem com Síndrome de Asperger. Uma história emocionante que revela sua luta para dizer ao presidente dos Estados Unidos e, consequentemente a todos, que ele não é um terrorista só porque nasceu muçulmano. A inocência e determinação de Khan, o personagem principal, servem de lição a todos nós. Tem disponível na Netflix.

 

5- No espaço não existem sentimentos (2010)

Este filme narra a história de dois irmãos, onde Sam fica um pouco depressivo após sua namorada romper o namoro, e, para ajudá-lo a se animar e voltar a rotina normal, seu irmão Simon, que tem Síndrome de Asperger, decide fazer um teste para ajudar Sam a encontrar a namorada perfeita. Mas com a sua inocência e peculiaridade, a ajuda para o irmão pode ficar mais atrapalhada do que o esperado. É filme maravilhoso e bem humorado! Vale a pena assistir. Também está disponível no Youtube.

 

6- Temple Grandin (2010)

Este filme é uma cinebiografia da jovem autista Temple Grandin (Claire Danes). Uma história sensacional e muito bem interpretada por Claire Danes. Temple Grandin tinha uma maneira particular de ver o mundo, o que a fez se distanciar das pessoas, mas isso não a impediu de conseguir, dentre outras coisas, seu doutorado. Com uma percepção de vida totalmente diferenciada, dedicou-se aos animais e revolucionou os métodos de manejo do gado com técnicas que surpreenderam até os mais experientes criadores de gado. Este filme é uma grande lição de vida! Assista ao trailer.

 

7- Adam (2009)

Adam (Hugh Dancy) é um jovem meigo e simpático, mas tem dificuldade de se relacionar com as pessoas. Ele tem Síndrome de Asperger, vive num mundo solitário até que conhece sua nova vizinha Beth (Rose Byrne), uma linda moça, simpática e muito atenciosa. É um filme muito delicado, e, talvez rolem lágrimas pelo seu rosto.

 

8- Sei que vou te amar (2008)

Thomas Mollison é um jovem de 16 anos que quer apenas ter uma vida normal. Seu irmão mais velho, Charlie, tem autismo e a atenção de toda a família gira em torno dele. Ao se mudar para uma nova casa e escola, Thomas conhece Jackie Masters e se apaixona por ela. Quando sua mãe fica confinada à cama, devido a uma gravidez, Thomas então deve assumir a responsabilidade de cuidar do seu irmão, o que pode custar a sua relação com Jackie. Thomas embarca então em uma jornada emocional, repleta de frustrações e angústias.

 

9- Um certo olhar (2007)

O filme conta a história de Alex (Alan Rickman), um ex-presidiário inglês que está viajando para o Canadá. No caminho ele dá carona para Vivienne (Emily Hampshire), uma jovem carismática que vai visitar a mãe. Na viagem, um caminhão atinge o carro, matando Vivienne. Alex sai então à procura da mãe da jovem. Ao encontrá-la, descobre que ela é autista de alta funcionalidade. Linda (Sigourney Weaver) não tem qualquer reação ao saber da tragédia, mas Alex decide ficar com ela até o funeral. Alex descobre novas amizades e aprende mais sobre a singularidade de Linda mesmo enquanto ele se esforça para lidar com sua própria dor. “Um Certo Olhar” foi produzido de forma independente e escrito por Angela Pell, cujo filho é autista. No fim das contas esse é um filme que, apesar de tudo, nos faz olhar a vida com otimismo. As ótimas atuações deste filme merecem destaque!

 

10- O nome dela é Sabine (2007)

Em documentário, com as imagens e depoimentos coletados por 25 anos, a atriz Sandrine Bonnaire discorre de forma muito sensível sobre a vida e história de sua irmã Sabine, diagnosticada com autismo. A diretora e irmã da protagonista do documentário, nos aproxima  de uma triste estadia de Sabine, no hospital psiquiátrico e do seu reencontro com a felicidade, quando ela passa a viver em uma casa com estrutura adaptada. O filme, nas vozes das irmãs, discute o despreparo de instituições psiquiátricas e também da sociedade para lidar com pessoas autistas, reforçando o mal que esse despreparo causa à elas e suas famílias. Assista ao trailer!

 

11- Um amigo inesperado (2006)

O filme conta a história de Kyle Gram, um menino frágil que tem autismo. Seus pais fazem de tudo para tentar se comunicar com ele, até que um cachorro chamado Thomas, consegue criar uma relação com o menino e o ajuda a quebrar a barreira do silêncio. Vale a pena assistir!

 

12- Uma família especial (2005)

Este filme é um Drama baseado na história real de Jacqui Jackson. Maggi (Helena Bonham Carter), tem 7 filhos, sendo quatro autistas em maior ou menor grau e os outros 3 filhos apresentam diferentes tipos de TEA. Determinada, Maggi se dispõe a encarar uma surpreendente jornada, repleta de momentos mágicos, alegres e tristes, para ajudar seus filhos especiais a terem uma vida feliz. Hoje, Jacqui (cuja vida deu inspiração ao filme) escreve livros relacionados ao autismo.

 

13- Loucos de amor (2005)

O filme, que é chamado originalmente de “Mozart and the Whale”, conta a história de Donald Morton (Josh Hartnett) e Isabelle Sorenson (Radha Mitchell). Ambos têm diagnóstico de Síndrome de Asperger. Donald trabalha como motorista de táxi, adora os pássaros e tem uma incomum habilidade em lidar com números. Ele gosta e precisa seguir um padrão em sua vida, para que possa levá-la de forma normal. Entretanto ao conhecer Isabelle, em seu grupo de ajuda, tudo muda em sua vida, pois ele se apaixona por ela. O filme foi inspirado na vida real do casal Jerry Newport e Mary Meinel (agora Mary Newport).

 

14- “Missão Especial” ou “Uma viagem inesperada” (2004)

Baseado em uma história real, Corinne (Mary-Louise Parker) é uma mãe solteira de gêmeos de 5 anos de idade, Steven e Phillip (Zac Efron e Bubba Lewis), que são autistas. Corinne fica transtornada ao descobrir que não existe cura ou tratamento efetivo para o autismo. Determinada a propor uma vida normal aos filhos, sem as limitações provocadas pelo transtorno, Corrine começa uma jornada em busca de uma nova forma de viver a vida com seus filhos. Ela terá que enfrentar muitos obstáculos para superar preconceitos e mostrar a capacidade de seus filhos ao mundo. Este filme é muito emocionante e com certeza vai te impressionar. Tem disponível no Youtube!

 

15- Meu nome é Radio (2003)

Baseado numa história real, ocorrida na Carolina do Sul (EUA), o filme conta a história de Radio (Cuba Gooding Jr.), um jovem autista, que depois de sofrer inúmeros preconceitos, acaba recebendo o apoio do treinador do time de futebol americano da cidade em que vive. (Ed Harris). A amizade e relação de confiança entre os dois modifica não só suas vidas, mas toda a dinâmica do colégio e da comunidade. Também tem disponível no Youtube!

 

16- Uma lição de amor (2002)

Acredito que muitas pessoas já assistiram a este filme, protagonizado por Sam Dawson (Sean Penn) é um homem com autismo que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com a ajuda de seus amigos. Porém, assim que faz 7 anos, Lucy começa a ultrapassar intelectualmente o pai, e essa situação chama a atenção de uma assistente social que quer internar Lucy em um orfanato. A partir de então Sam enfrenta um caso quase impossível de ser vencido, contando com a ajuda de uma advogada, Rita Harrison (Michelle Pfeiffer), que aceita o seu caso como um desafio. Assista ao trailer. Tem o filme completo no Youtube também.

 

17- Experimentando a vida (1999)

A história fala sobre Molly McKay (Elisabeth Shue), uma mulher autista de 28 anos. Quando jovem, Molly foi internada, mas com o fechamento da instituição, Buck McKay (Aaron Eckhart), seu irmão, ficou com sua guarda. O irmão não a via desde quando ela era criança e isso faz com que sejam quase estranhos. Quando Buck fica sabendo de uma arriscada cirurgia experimental que pode ajudar Molly, ele dá seu consentimento. A operação é um sucesso e Molly revela desde então um genial intelecto. Mas a sua personalidade autista permanece e Buck constata que a nova Molly vai enfrentar grandes desafios.

 

18- Gilbert Grape: aprendiz de um sonhador (1993)

 

Este emocionante filme conta a história de Gilbert Grape (Johnny Depp), um jovem que, desde a morte do pai, é o responsável por sustentar a família. Sua mãe Bonnie (Darlene Cates) sofre de obesidade mórbida desde que entrou em depressão, após o suicídio do marido, e o seu irmão caçula, Arnie (Leonardo DiCaprio), é autista. A vida em família é repleta de carinho e proteção, apesar das dificuldades enfrentadas. Até que Grape se apaixona por Betty (Mary Steenburgen), uma dona de casa casada. Este filme está disponível na Netflix.

 

19- O enigma das cartas (1993)

Quando o marido de Ruth Matthews (Kathleen Turner) morre, a caçula do casal, Sally (Asha Menina), que é uma criança autista, reage à morte do pai de maneira muito estranha, pois ao voltar para sua casa não profere uma só palavra. Quando o comportamento de Sally piora, Ruth se vê obrigada a deixar que Jacob Beerlander (Tommy Lee Jones), um especialista em crianças autistas, examine sua filha. Jacob tenta tirar Sally da sua desordem mental por métodos tradicionais, mas Ruth tenta de outra maneira, ao reproduzir em grande escala um castelo de cartas que sua filha tinha construído. Ruth crê que só assim terá Sally de volta, por mais estranho que seja seu método.

 

20- Rain Man (1988)

Em Rain Man, Charlie Babbitt (Tom Cruise) espera receber uma grande herança após a morte de seu pai, mas Raymond (Dustin Hoffman), seu irmão mais velho, internado em uma instituição médica, alguém cuja existência Charlie ignorava até então, é quem recebe toda a fortuna. Raymond é um autista com habilidades mentais limitadas em algumas áreas, mas com capacidade de gênio em outras. Quando Charlie rapta Raymond, em uma longa e atrapalhada viagem, atravessando o país rumo a Los Angeles, as circunstâncias ensinam aos dois lições sobre a vida. O personagem de Dustin Hoffman foi inspirado em Kim Peek, um americano notável, diagnosticado com Síndrome de Savant (Um tipo de TEA).

 

21- Son-rise: meu filho, meu mundo (1979)

O filme narra a história autobiográfica da família que, na década de 70, fundou o método Son-rise. A história é muito polêmica, já que parte dos especialistas defende que ainda não há cura para o autismo, enquanto o método que o filme conta busca a cura para o autismo. Porém, temos que levar em consideração que esta história se passa no ano de 1979 e de lá para cá, muitos outros estudos e descobertas a respeito do Autismo foram desvendados. O filme apresenta como um casal, por meio de uma abordagem intuitiva, conseguiu se aproximar de seu filho, diagnosticado com autismo. Para além da discussão da cura (que hoje sabemos que não é possível), a história e o método inspiraram trabalhos educacionais e de desenvolvimento da criança autista. Vale a pena conferir!

Gostou das dicas de filme sobre Autismo? Aposto que vai se emocionar com cada um deles. Não esqueça de compartilhar este este artigo com quem você acredita que gostaria de assistir a estes filmes e deixe seu comentário ou sugestão no espaço dos comentários, através do nosso e-mail ou das nossas Redes Sociais!

E-mail | Facebook | Google + | Pinterest

pinit fg en rect red 28 - 21 Filmes sobre Autismo que você precisa assistir

27 thoughts on “21 Filmes sobre Autismo que você precisa assistir”

  1. Oi, tudo bem ?

    Amei o post e as dicas de filme, eles ajuda muito a entender melhor o assunto, o qual deve ser tratado mais vezes e entendido. Da lista acima apenas assisti ao filme Gilbert Grape: aprendiz de um sonhador , um ótimo filme e Leonardo Di Caprio da um show na atuação.

  2. Oi Isa! Nossa, que listona. Já vi alguns filmes – já podemos considerar Uma Lição de Amor um clássico? – e quero ver os outros. Tem filmes que eu nunca imaginei a existência, como o que tem o Zac. Acho muito importante ver as grandes mídias trabalhando com o tema do autismo, ajudando assim, a pessoas a entenderem melhor os casos. Muito boa a matéria. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

  3. Amei essa lista de filmes! Tratam de algo que realmente merece destaque, visto que hoje em dias muitas pessoas ainda possuem preceitos e preconceitos sobre o autismo que não passam de bobagem. Já anotei vários para poder assistir, pois daí já vi apenas Gilbert e No espaço não existem sentimentos (que sou apaixonada!). Excelente

  4. Amei as dicas ! Desses eu já vi três, fiquei apaixonada por ” Um amigo inesperado” e estou surpresa ,pois não sabia que Gilbert Grape: aprendiz de um sonhador e Uma lição de amor se tratava de autismo, vou ver de novo. 🙂

  5. Olá!

    Já conhecíamos alguns destes filmes e até já os vimos! Outros deram a curiosidade de ver!
    Há também duas séries bastante interessantes baseadas em personagens com autismo: atypical e the good doctor.
    Aconselhamos ambas!

  6. Acho muito importante divulgar temas e entender as necessidades. Tenho dois casais de amigos com filhos que tem autismo em diferentes graus e hj trabalhando com crianças na enfermagem. Vou anotar cada filme e assistir! <3

  7. O autismo não precisa ser visto como uma deficiência ou desordem. O autismo pode representar o último grande preconceito que nós, como sociedade, devemos conhecer e respeitar. A história é cheia de exemplos de intolerância direcionados ao atípico. Às vezes podemos temer o que diverge da “norma”, e às vezes esse medo nos leva a enquadrar aqueles que são diferentes como seres de alguma forma inferiores a nós, que a humanidade considera melhores que os outros.
    As intolerâncias levam gerações para serem superadas. Tudo o que é direcionado ao racismo é um exemplo óbvio e feio.

  8. bOM DIA isa, confesso que ainda nao tinha assistido nenhum desses filmes, mas sabe que bateu aquele curiosidade boa
    vou ver se assisto nesse fim de semana. beijos

  9. Olá!

    É uma lista imensa. E o que mais me assustou é que percebi não ter assistido a sequer um desses filmes. Dai vem a importância mesmo de ler mais sobre o assunto, de procurar se informar mais também. O filme que mais me chamou atenção foi o que tem Tom e Sandra no elenco.

    Bjão,
    Diego, Blog Vida & Letras

  10. Já assisti alguns, da lista. Tanto no cinema, quanto no curso de Neurociências. Gostaria, de assistir mais filmes e dicas de livros, sobre o assunto. Obrigada,

  11. Ótima lista! Faltou Ocean Heaven, filme chinês que narra a trajetória de um pai em estágio terminal em busca de um lar de apoio para seu filho autista adulto.

  12. Noossa esse filme da Temple Grandin ! 😍 Achei que só eu tinha assistido kkk. Brincadeira à parte, vi esse filme na HBO, uma vez que ela pegou inexplicavelmente em minha TV aberta (em preto e branco, mas conta, vai?!).

    Lembro de ter gostado muito do filme, ela com seus trejeitos, estressada kk. Enfim. Já fiz meu top seis dos que me interessaram aqui, para eu assistir em breve. Ainda mais agora depois da bolsa de estudos, né, amiga? (um dos que separei foi o da Ana Letícia, acima. Ocean Heaven).

    Aquele forte abraço!

  13. Interessante as suas escolhas! Alguns filmes eu já tinha assistido na TV! Espero que o seu blog me ajude nos estudos sobre a deficiencia! Parabéns 🙂

Deixe seu comentário!